domingo, 31 de outubro de 2021

Filmes para assistir no Halloween

  O Halloween está praticamente batendo na porta e mesmo mediante a época em que estamos vivendo podemos ter um pouco de diversão dentro de casa e talvez até com alguns amigos, fantasias e uma decoração bacana.

 Halloween não é Halloween sem pelo menos um pouco de terror não é mesmo? Então aqui iremos listar alguns filmes para dar aquela pitada de suspense com a galera.

Classificação para família á +10

  • A Noiva Cadáver (L)

 Essa animação conta a preparação de Victor Van Dort para seu casamento com Vitória Everglot. Por ser uma época rígida, os noivos não poderiam ficar sozinhos antes do casamento, mas não foi o caso para esses dois. Victor encantado pela beleza de Victoria fica com receio maior de se casar, mesmo gostando da moça. Após o ensaio do casamento ser um desastre, Victor treina seus votos na floresta, o que ele não esperava era uma noiva morta-viva.
  • Casa Monstro (L)

 O curioso DJ todos os dias observa seu vizinho rabugento Epaminondas, que afasta qualquer criança de perto da sua casa e rouba seus brinquedos deixados por lá, através do telescópio do seu quarto. Mas ninguém sabia que a casa na verdade está viva!
  • Convenção de Bruxas (+10)

  Não tem muito tempo que ganhamos um remake de Convenção de Bruxas, conta a mesma história onde bruxas estão escondidas entre nós e crianças curiosas estão no lugar errado e na hora errada (clássico, não?). Agora cabe a você decidir qual é o melhor, o de 1990 ou de 2020 (talvez até mesmo os dois). 

  • Coraline (+10)

 Quem nunca ouviu falar da curiosa garota de cabelo azul? Coraline é uma garota que se muda para o Palácio cor-de-rosa junto a seus pais, que vivem ocupados com seus trabalhos. Entediada, ela encontra a chave de uma portinha branca que a leva para um universo alternativo de pessoas com olhos de botão. Mesmo tendo tudo o que desejava neste outro mundo, nem sempre o que se deseja é o melhor.

  • Frankenweenie (+10)

 Frankenweenie é uma versão alternativa do clássico Frankenstein que conhecemos, conta a história de Victor, um garotinho que ama a ciência e ainda mais o seu cachorro. Mas, após um acidente que mata o seu companheiro, Victor sem superar a perda, tenta encontrar uma forma de trazê-lo de volta a vida.
  • O Estranho Mundo de Jack (L)

 A animação faz um paralelo entre feriados, pois Jack, o nosso protagonista, está cansado de todo o ano fazer sempre a mesma coisa. Em busca de mudança, ele anda pela floresta e encontra postais de todos os feriados famosos e, qual mais lhe chama a atenção, o leva para o mundo do natal. Com isso, ele está determinado a tomar o lugar da figura mais famosa deste feriado.
  • ParaNorman (+10)

  Norman é um garoto que possui habilidade de falar com os mortos e após descobrir que sua cidade está sobre uma maldição que pode varrer todos do mapa, tenta fazer o possível e o impossível para salvá-la.

Classificação +14

  • A Família Addams

 Eu não poderia fazer uma lista assim e deixar eles de fora, não é verdade? Há dois filmes da década de 90. O primeiro conta a volta do Tio Fester para a família, que perdeu a memória e pouco a pouco se recorda do que aconteceu. Já o segundo filme conta a chegada de dois novos membros, o recém-nascido de Mortícia e Gomez e a esposa do Tio Fester.
  • Drácula

 Há diversos filmes contando a história do Drácula de Bram Stoker, mas o que merece estar nesta lista é o Drácula de 1992. Um homem misterioso e solitário ainda espera encontrar sua amada falecida, e após descobrir seu paradeiro em uma nova vida, tenta reconquistá-la. Mesmo que ela já esteja com outra pessoa.
  • Mama

 As irmãs Lilly e Victoria desaparecem no mesmo dia da morte de seus pais. Mas cinco anos depois elas são encontradas em uma cabana no meio da floresta e vão morar com seu tio Lucas e a namorada. Apesar das tentativas de Annabel tentar adaptar as meninas, descobre que alguém as quer de volta.
  • Sombras da Noite

Classificação +16

  • Cisne Negro

 Nina é uma bailarina, e quando descobre uma apresentação do Lago dos Cisnes dá tudo de si pelo papel principal. Mas para o diretor seus esforços são muito poucos e pensa em pôr outra colega em seu lugar. Com toda a pressão, Nina sente que sua sanidade vai se esgotando pouco a pouco.
  • Colina Escarlate

 Edith recebe avisos de sua mãe falecida, mas pensa estar delirando. Assim foi com seu pai, que lhe disse para não se casar com Thomas Sharpe, mas mesmo assim o fez. Ao se mudar para a mansão de seu marido e sua cunhada Lucille, descobre segredos obscuros da família para qual acabou de ingressar.
  • Nós

 Adelaide e sua família viviam normalmente, mas acontecimentos estranhos começaram após se mudarem. Pois, a noite, eram atacados por figuras que mais pareciam versões de si mesmos.
  • Sweeney Todd 

 De volta a Inglaterra, Benjamin está determinado procurar e se vingar do homem que lhe incriminou injustamente e tirou suas esposa e filha dele. Nesta caça, conhece senhorita Lovett, uma mulher que faz tortas nada agradáveis, que lhe ajuda com sua vingança. Assim, ele abre uma barbearia na esperança de que sua presa vá até ele.

Classificação +18

  • Sleepy Hollow

Ichabod é um detetive e homem da ciência, do tipo que se não ver com os próprios olhos não acredita. Quando enviado para investigar um caso de pessoas decapitadas, descobre que as lendas podem ser mais do que simples ficção.
  • Doce Vingança

(Esse filme pode causar gatilho emocional pelo assunto abordado)
 Jennifer estava trabalhando em seu próximo livro e procurava por um local sossegado para escrever. Mas ao encontrar uma cabana isolada, junto a ela veio uma gangue de homens que abusam e a torturam. Após todo o trauma sofrido, ela volta para se vingar de um por um.

Extra Maratona

  • Hora do Pesadelo (+16)

  A saga nos apresenta Freddy Krueger, uma criatura que ataca durante o sono para nunca mais acordarmos. Então, não durma ou nunca mais acordará.
  • Jogos Mortais (+18)

 Alguém está se escondendo através de um boneco ventríloquo, brincando de Deus e punindo pessoas. Afina, herói ou vilão. De qualquer maneira comete atrocidades.
  • Krampus (+16)

 Apesar do natal ser uma época de alegria, festividade e família reunida, a data também apresenta sua mitologia. Um demônio que, oposto do Papai Noel, pune quem foi mal o ano todo. Como você tem sido até agora?
  • Noite de Crime (+18)

 Todos os anos, ocorre um passe livre para os cidadãos dos EUA cometerem qualquer tipo de crime por 12 horas. Você é quem se protege ou quem vai as ruas? 
  • Premonição (+16)

 Uma pessoa tem o poder da premonição e consegue ver quem, como e quando vai morrer. Apesar e tentar, não adianta esconder, pois a morte é inevitável.

 Isso é tudo por hoje, espero que tenha uma noite terrivelmente ótima!





sábado, 23 de outubro de 2021

Halloween, dia de fantasiar

  Outubro está aí e com ele vem uma das datas mais ansiadas do ano: o Halloween, também conhecido no Brasil como Dia das Bruxas. Essa data é conhecida pela caracterização de personagens, celebridades, animais, etc. e pela famosa frase "Trick or Treat" ou "Doces ou travessuras" , como vemos em filmes e animações.

Origem

  Esta data se deu pelo fato de outubro ser época de colheita farta e muitas delas eram dadas aos maus espíritos como forma de impedir sua ira sobre os humanos. Há diversas origens desta festividade, alguns dizem que se é celebrado desde os princípios da humanidade, outros que tudo começou um pouco antes da famosa inquisição e já outros que surgiu no século 18, então é difícil saber uma origem certa para o evento.

  O Samhain é uma celebração dos pagã, incialmente comemorado pelos irlandeses, escoceses e wiccanos, que com o tempo foi se espalhando pelo mundo todo até se tornar o que conhecemos hoje.

Costumes



  Como foi comentado anteriormente, eram oferecido alimentos para os espíritos como forma de manter a paz entre os dois mundos. 

  O costume de se caracterizar e sair pedindo doces também veio relacionado aos espíritos. Uma crença celta dizia que se não houvesse ofertas aos espíritos eles fariam certas "traquinagens" com a pessoa e com o tempo esse ofício vem sendo ocupado pelos jovens que saem em busca de pequenas prendas (se não der doce, vai rolar muito ovo e papel higiênico na sua casa).

A abóbora



  Um dos maiores, se não "O maior" símbolo do Halloween é a abóbora esculpida. Apesar da época em que se é comemorado o Halloween ser propícia a uma abundante quantidade de abóboras, há uma lenda que acerca este legume icônico lhe dando certa fama.

  Jack era um homem alcóolatra e, quando chegou sua hora de partir, enganou a morte (até mesmo o próprio diabo em algumas versões) por três vezes. Mas quando finalmente morreu, nem céu nem inferno o queriam, assim mandando sua alma para o que seria o limbo onde sua alma vaga até hoje com uma lanterna (vai besta, brincar com entidade).

  As versões variam de acordo com quem conta, de início dizem que a lanterna era feita de rabanete e outros contam como uma lanterna de abóbora. De acordo com a tradição, uma lanterna de abóbora fica sempre acesa em cada casa para que possa guiar Jack em meio ao breu do limbo.


Por hoje é só. Tenham um Halloween assustadoramente terrível!


sábado, 25 de setembro de 2021

Cinderela: filme que quebra padrões [Alerta de spoiler]

   Muitos conhecem a história da garota que tem uma madrasta malvada, duas meia irmãs e que em uma noite de baile recebeu  visita de uma fada madrinha.

  Ao longo dos tempos, desde a criação deste conto, conhecemos diversas versões desta história, além de várias produções cinematográficas como o curta da Betty Boop "Poor Cinderella" (1934), a trilogia animada da Disney, "Caminhos da Floresta" (2014) e o live action de 2015. Mas agora ganhamos uma nova versão, que condiz muito com a nossa realidade, juntamente aos acontecimentos da época.

Saiba tudo sobre a trilha sonora de 'Cinderella', disponível na Amazon  Prime - A Broadway é Aqui!

   O novo filme "Cinderela"  apresenta Ella (Camila Cabello) uma garota que deseja realizar seu sonho de se tornar uma estilista dona de seu próprio negócio, mas sua madrasta (Idina Menzel) possui outros planos para ela.

  Eu achei uma das melhores versões feitas até hoje, não só pela atuação e o elenco, mas sim pela produção, o enredo e a entrega que toda a equipe pôs na obra.

  Essa nova versão é um musical (então vai ter gente cantando de 10 em 10 minutos sim), além da ótima seleção de músicas que se encaixam perfeitamente com os momentos do filme, no começo, por exemplo, as ações e sons que os personagens produzem estão em ritmo com a música de fundo (é uma coisa linda, minha nossa). 

  O musical conta com algumas músicas bem (mas, bem) chicletes e outros clássicos na cultura pop, como "Watta Man", "Material Girl", "Perfect", "Somebody to Love" e até mesmo "Seven Nation Army" (Sim, eu sei, uma música de rock em um musical de época não faz o menos sentido. Porém, contudo, entretanto, a versão que adaptaram para o filme é de impressionar).

  O fado madrinho de Ella (Billy Porter) já é um pé na porta do tabu, minha gente (O que adorei por sinal), porque ao contrário da fada madrinha da animação ser uma senhorinha bondosa e o live action de 2015 ser uma mulher jovem e entusiasmada, a versão de 2021 nos dá um homem entusiasmado e realista (chega a ser irônico, porque estamos falando de magia). Além de possuir um figurino maravilhoso e equilíbrio o bastante para zanzar de uma lado para o outro de salto (coisa que nem nossa Ella conseguiu fazer direito). 

  Muitos pontos da história nos apresentam momentos em que nos identificamos com a Ella, esbarrando nas coisas, caindo, tropeçando e falando sozinha (me identifico com todas). A questão da Camila Cabello ser conhecida como cantora, explica bastante do porquê ser um musical, mas apesar disso, sua atuação é notável, você vê que ela passa a emoção da personagem de forma única e chora bastante (lembra um pouco o Matthew McConaughey).

  Agora, a relação com a madrasta é algo mais emocional, pois aqui deram um passado que explica um pouco sobre sua personalidade e tentar tirar os sonhos de Ella. No passado, ela possuía um dom, tocar piano, mas seu sonho de ser musicista foi interrompido, pois seu primeiro marido a sabotava emocionalmente, fazendo com que se conformasse apenas em ser mãe e dona de casa. E ela acaba por querer o mesmo destino para Ella e suas duas filhas, pois está sempre falando sobre casamento e que esta é a obrigação para com a sociedade.

  É perceptível que a madrasta dessa versão não é aquela bruxa como em outras versões, claro ela possui alguns picos de desentendimento com a protagonista, ela faz isso apenas por desespero de sustentar as quatro. Mas não justifica querer apagar os sonhos de alguém.

  Suas meia irmãs não possuem muita participação no filme, mas podemos ver que elas possuem certa afeição pela garota, mesmo em silêncio e não demonstrando em ações.

  Chegamos no príncipe Robert (Nicholas Galitzine), o par romântico de Ella. Sinceramente, dá uma raiva desse guri no começo do filme, mas de acordo que o tempo vai passando você percebe um amadurecimento da parte dele (eu acho muito legal quando possui esse desenvolvimento em um personagem, fica mais fácil do público se identificar com o personagem em si). Nos é apresentada também, Gwen (Tallulah Greive), a irmã do príncipe. Que possui diversas ideias para melhorar o local que habitam, mas é ignorada pelo seu pai Rei Rowan (Pierce Brosnan) por ser a caçula, portanto segunda na linha de sucessão ao trono.

  Esse príncipe, ao contrário dos outros, possui uma determinação muito maior. Pois, na história ele avista Ella muito antes do baile acontecer (em uma situação um tanto cômica) e com isso se disfarça para ir até o vilarejo encontrá-la e conversar com a garota que lhe chamou atenção.

  Esse filme veio, realmente para quebrar diversos tabus, mas ainda passar diversas mensagens. Deram um propósito para a protagonista, uma história para a madrasta e demonstrações de prioridades de cada personagem. Então acho que agrega diversos valores que pouco a pouco vem sendo esquecidos.

  Personagens carismáticos, um enredo bem produtivo, trilha sonora está de matar, os figurinos estão espetaculares e aquela pitada de realismo e magia equilibrada estão designados ao sucesso e a graça do público.

  

sábado, 7 de agosto de 2021

Programas para o dia dos pais



  Amanhã se é comemorado o dia daquela pessoa, que pode ter te acompanhado desde o berço ou qualquer outra época da sua vida, aquela pessoa que te ensinou algo sobre a vida, aquela pessoa que criou você. Aquela pessoa que você vê como figura de fortaleza e como um porto seguro.

Origem do Feriado

  Não se fala muito sobre, mas é algo importante para se saber. Até porque se comemorar algo qual não se sabe a origem é um tanto embaraçoso, não é?
  O feriado foi criado pela norte-americana Sonora Louis Dodd em 19 de junho de 1909 com intuito de homenagear seu pai viúvo que criou a moça e seus irmãos sozinho. A data inicial veio por ser aniversário de deu pai, mas em 1972 se ajustou para o terceiro domingo de junho por ordem do então presidente da época, Richard Nixon.
  Já no Brasil, o feriado teve-se origem a partir de 16 de agosto de 1953 pelo publicitário Sylvio Bhering que associaria o feriado em homenagem ao pai de Maria, mãe de Jesus, já que na época o povo católico era predominante. Mas assim como ocorreu nos Estados Unidos, a data foi alterada para o dia que conhecemos hoje, 8 de agosto, segundo domingo do mês.

Programações

  Apesar do período em que vivemos, graças a tecnologia, podemos manter contato com  quem amamos, se esse é seu caso não se preocupe algumas da programações a seguir dá para se fazer a distância.

Assistir um filme

  

  Assistir um filme sempre é uma boa opção para ocasiões assim (e sempre recomendo), uma programação assim é ótima para passar um tempo com quem a gente ama.
  Escolha algo que agrade a ambas as partes ou faça aquele pequeno esforço para assistir algo que a pessoa goste e você vive reclamando, pode acontecer de você acabar gostando também (experiência própria).

Cozinhar algo juntos


  Peguem algo, uma receita que gostem, ou até mesmo uma nova, e façam juntos é sempre divertido cozinhar com alguém (se der ruim pelo menos tem histórias de cozinha para contar).

Dia de Spa




  Cuidar de si mesmo é muito bom, cuidar de si e da pessoa que ama é melhor ainda. Fazer um dia de spa pode ser uma boa pedida. Dar uma hidratada nos cabelos, fazer uma skin care, dar uma aparada na barba. Não há mau nenhum em ter um pouco de vaidade.

Aprender algo juntos


  Eu sempre penso "aprender nunca é demais, independentemente da idade". E compartilhar conhecimento também nunca é demais.
  Há muitas coisas que pode-se aprender em conjunto, como por exemplo:
  • Tocar um instrumento
  • Aprender um idioma
  • História da família ou local apreciado
  Dentre outras coisas que possam despertar interesse.

Jogar um jogo


  Se seu pai ou responsável é alguém mais antenado nas tecnologias, que tal um joguinho "mano á mano" ou até mesmo um duo? Chama para jogar um jogo juntos, caso não souber ensine á pessoa e se divirtam.

Fazer uma hortinha


  Pode ser uma boa pedida se vocês compartilham amor por plantas e cultivo. Pegar algumas sementes e plantá-las para cuidar de uma pequena horta juntos. 

  Essas foram algumas das sugestões para reproduzirem com quem ama nesse dia dos pais. Lembre-se que um pai não é somente aquele que te deu a vida, mas sim quem lhe deu ensinamento e te criou com amor e carinho. 

Fontes: Brasil Escola

domingo, 1 de agosto de 2021

7 Séries dignas de maratona

  Nada melhor do que passar a tarde do final de semana assistindo aquela série maravilhosa. O problema é: um dia ela acaba.

  Mas junto ao sentimento de terminar aquela série maravilhosa e ficar triste os 3 meses seguintes, nos aparece a oportunidade de conhecer séries novas. E hoje iremos apresentar algumas séries dos variados tipos para agradar os mais variados gostos.

Vikings

Poster zu Vikings, der History-Channel-Serie über die Wikinger.

  Vikings é uma série lançada em 2013 e a sexta e última temporada lançada no ano de 2020.

 A série acompanha a vida e trajetória dos vikings na tentativa de aumentar o território nórdico e tirar o governante tirano do poder.

  É uma série interessante para quem gosta de ação ou se quer aprender sobre os vikings (como viviam, relacionamentos, crenças, etc).

Brooklyn 99

Contém uma imagem de: {{ pinTitle }}

  Brooklyn 99 é uma sitcom lançada em 2013 e foi atualizada neste ano e 2021.

  A sitcom nos mostra a rotina de trabalho do pessoal do departamento de polícia 99 no Brooklyn, Nova York. Apesar de ser uma série que tira risadas, também aborda temas delicados e sérios da sociedade.

  É uma boa série para quem gosta de comédia com seriedade. 
  

Cidade Invisível

Pôster Cidade Invisível - Pôster 1 no 1 - AdoroCinema

  Cidade é uma série lançada recentemente em 2021 e possivelmente haja uma segunda temporada.

  A história tem como foco principal um policial que perdeu sua esposa em um incêndio florestal durante uma festa junina. Após um tempo do ocorrido ele fica encarregado por um outro caso, bastante curioso. E ele está disposto a solucionar ambos mesmo que custe suas crenças e sua sanidade.

  É uma boa série se você gosta de fantasia, suspense e do nosso folclore (só erraram na mula-sem-cabeça que nem aparece).  

Good Omens

Good Omens poster on Behance

  Good Omens é uma mini série lançada em 2019 e a segunda temporada já está em produção.

  A série conta a amizade milenar entre um anjo e um demônio que vivem entre os humanos. Até que com a chegada do Armageddon eles unem suas forças para impedi-lo, mas tudo em segredo sem que seus superiores desconfiem.

  É uma ótima série se você gosta de um humor ácido do jeito britânico ou dessas coisas mais sobrenaturais. 




Black Mirror

Contém uma imagem de: {{ pinTitle }}

  Black Mirror é uma série lançada em 2011 e aparentemente não haverá mais temporadas (já estamos em uma realidade bem tenebrosa).

  Black Mirror merece atenção pelo fato de cada episódio ser uma história (como a saga de "Ela Dança,  Eu Danço") e são histórias bem pesadas, mas que contam uma realidade não tão distante.

  A série é ótima para você que gosta de ficção cientifica (ou se tem estômago forte, porque não é nada Family Friendly). Apesar de conter várias bizarrices, é uma série que faz refletir.

Sobrenatural

Contém uma imagem de: {{ pinTitle }}

  Sobrenatural (ou Supernatural como é mais conhecido) foi lançada em 2005 e,  aparentemente chegou ao final em 2020.

  A série acompanha os irmão Winchester em sua busca por seu pai, que os deixam pistas em locais diferentes para que os dois juntos procurem por criaturas incomuns.

  Tenho quase certeza que você já assistiu ou pelo menos ouviu falar, é uma ótima série se você gosta de drama e coisas sobrenaturais como anjos, demônios, espíritos, etc.

Desventuras em Série

Watch A Series of Unfortunate Events Online Show Poster

  Desventura em Série foi lançada em 2017 e chegou ao fim em 2019, mas que tem a versão em filme lançado em 2004.
  
  A série vem com a história dos irmão Baudelaire que ficaram órfãos e vão parar na tutela de Conde Olaf, onde começam a viver um verdadeiro inferno na terra.

  A série tem uma expansão maior do universo de Desventuras do que o filme, mas ambas são ótimas obras. Você pode gostar dessa série se gosta de um drama, suspense e histórias trágicas.

  Essas foram as recomendações da vez, se assistir fala pra gente o que achou e se já tinham assistido.

domingo, 25 de julho de 2021

Músicas não tão româticas

  Ah, aquela música que nos faz pensar no dito cujo crush, aquela que você põe no "repetir" tantas vezes que faz seus amigos e familiares enjoarem dela. Aquela que você compartilha no stories do Instagram ou no status do WhatsApp para mandar como indireta esperando que a pessoa perceba num estalar de dedos.

  Mas sabe, nem todas as músicas que aparentam ser o que são tem muito a ver com o que a gente pensa que são. E hoje, vou listar algumas delas para você não errar na hora de dedicá-la.


Careless Whisper - George Michael


  Tenho quase certeza que você conhece essa música como aquela com a introdução maravilhosa com saxofone que via em memes no vasto território chamada internet.

  A música aparenta ser ótima para colocar naquela playlist secreta para momentos específicos (sim, isso mesmo). Contudo, entretanto, porém, essa música de romântica só tem o sax.

  A letra nos dá vários cenários, o mais presente é a pista de dança, já que o eu lírico dessa história dançava com sua parceira.

"Eu me sinto inseguro

Quando pego sua mão e te levo para a pista de dança"

 No decorrer da música descobrimos que ele foi abandonado por sua amada por conta de sua traição.

"Eu deveria saber que não devia trair um amigo

E desperdiçar a chance que me foi dada

Agora nunca mais vou dançar novamente

Do jeito que dancei com você"

  Resumindo, a música fala sobre chifre e dor e cotovelo, mas ainda é uma boa música (tá aí uma música pra colocar na playlist de sofrimento qual posso apostar que você tem).


Every Breath You Take - The Police

  Essa música está até que parcialmente presente nos filmes de comédia romântica, um deles é Esposa de Mentirinha (2011), além de estar no episódio do baile do seriado Stranger Things que é bem fofinha, tirando o fato da música não ter nada de fofa.

  A letra aparenta transparecer uma pessoa que estará sempre ao lado da pessoa que ama, mas calma que não é bem assim que a banda toca. O rapaz pode até estar presente, mas da forma mais doentia possível.

"Cada respiração que der

Cada movimento feito

Cada promessa que quebrar

Cada passo que der

Vou estar te observando"

  Se alguém te falar um coisa dessas com certeza não será com quem você vai casar, ter dois filhos e morar numa casa de cerca branca, não é verdade? (Eu mesma saía correndo e me trancava em casa).


Lay All Your Love On Me - ABBA


  Acredito que essa é uma das pouco conhecidas do grupo, mas ainda tem seu destaque, principalmente pela letra que carrega.

  Essa música retrata uma mulher insegura com seu relacionamento.

"Eu não era ciumenta quando nos conhecemos

Agora toda mulher que vejo é uma possível ameaça"

  O que dá a entender que a relação não é das melhores, pois a insegurança dela a fez se tornar possessiva, o que é pior ainda.

"Sou possessiva e isso não é legal

Você me ouviu dizer que fumar é meu único vício

Mas agora isso não é verdade"

  Mais para o final da música, descobrimos que a personagem possui um motivo para essa insegurança.

"Já tive alguns curtos relacionamentos

Não duraram muito e foram raros"

  Aqui temos uma pessoa qual não possuía relacionamentos bons e muito menos duradouros e assim criou uma insegurança tão grande que desenvolveu possessão. E essa mesma possessão pode levá-la a ter mais um breve relacionamento.

  Então, cuidado, confiança é a base para qualquer relacionamento. Se não consegue confiar, prive sua saúde mental e termine (ou nem comece um relacionamento).


Love Of My Life - Queen

  Essa é clássica, meu povo, se você já declarou essa para alguém se prepara (pro arrependimento).

  Apesar da música carregar o título "amor a minha vida" (e ser uma dedicatória de Freddie, vocalista da banda, para o amor da vida dele) possui uma narrativa triste.

  A música conta uma pessoa de coração partido e, ainda assim, apaixonado fazendo uma súplica para não ser abandonado.

"Amor da minha vida não me deixe

Você rouba meu amor e agora me deserda

Amor da minha vida você não vê?

Traga de volta, traga de volta

Não tire de mim, porque você não sabe

O que significa para mim" 

  É uma letra repleta de sentimento e percebemos isso, mas também carrega a dependência sobre alguém. 

  Então, se você já dedicou para alguém, você disse que depende dessa pessoa e não de boa forma (essa vai pra listinha de sofrência também).


Total Eclipse Of The Heart - Bonnie Tyler


  Mais um grande clássico aqui presente, apesar de parecer ter nada demais na letra, detectamos algo que está com uma vibe parecidíssima com "Love Of My Life".

  A música apresenta uma pessoa que foi iludida (sim, iludida), pois ela está completamente apaixonada por uma pessoa qual a iludiu e abandonou e ainda assim tem esperança de ter a pessoa de volta.

"Era uma vez eu estava apaixonada

Agora estou desmoronando"

"Era uma vez havia luz em minha vida

Agora há apenas escuridão"

  Esse trecho da música mostra que ela pensava que vivia um conto de fadas, portanto começava com um "Era Uma Vez". Quem quando estava apaixonado por alguém não pensou assim, não é?


I Want To Know What Love Is - Foreigner 


  Opa, temos esse classicíssimo som que encontramos em tudo quanto é filme de romance. 

  Sim, a música fala o tempo todo sobre amor e que ele quer que alguém ensine para ele como é ter esse sentimento.

"Quero saber o que é o amor
Quero que você me mostre"

  Tá, mas o que tem demais nisso? O simples fato de que ele precisa encontrar o amor em outra pessoa. 

  A música mostra que ele se envolveu com pessoas que não o valorizavam, e nisso ele criou uma certa insegurança fazendo com que esquecesse do amor que ele mais precisa: dele mesmo.


If You Leave Me Now - Chicago


  Essa música é mais uma daquelas para sentar e chorar, não só parece como é uma música de despedida. Pra quem jogou GTA V, conhece essa música como a despedida do que poderia ter sido um dos casais mais icônicos do jogo (por que choras?).

  A música é basicamente um pedido para que não seja abandonado.

"Se você me deixar agora

Estará levando uma grande parte de mim"

  É bem melosa e cheia de sentimentalismo também (pois assim são os apaixonados). Assim relembra de todas as coisas que passaram juntos para simplesmente terminarem.

  Bom, essa pode não ser tão romântica quanto aparenta, mas é uma boa pra tentar reconquistar o/a cremoso/a e fazer uma novela.

Always On My Mind - Elvis Presley


   Essa música com certeza está na minha lista de favoritos, mas ainda possui não só uma letra como uma história por trás bem triste (qual também seria interessante colocar na nossa lista já existente no blog de músicas com significados fortes).

  Vamos primeiramente a letra, a música retrata um pedido desculpas para a parceira e todas as coisas que devia fazer, mas não fez.

"Talvez não tenha tratado você bem como deveria

Talvez não tenha te amado frequentemente como poderia

Pequenas coisas que deveria ter dito e feito quais nunca tirei tempo

Você estava sempre em minha mente"

  Já a história da música, possui grande vínculo com a letra em si, pois caso não saiba, o rei do rock, Elvis Presley, já cometeu muitos erros enquanto marido. Em seus últimos dias, escreveu e gravou essa música para então sua ex-esposa como forma de redenção (tá aí uma música para se desculpar com a pessoa que você gosta, mas é bom lembrar que atitude vale mais que palavra).

  Essas são algumas das músicas que pareciam românticas, mas não são tanto assim. Particularmente eu amo essas músicas, mas mesmo amando temos que saber o que estamos ouvindo. Confesso que boa parte eu nem sabia do que se tratava quando me deu curiosidade para saber sobre o que era até me espantei.

  Então, sempre pesquisem a tradução para evitar constrangimentos e cá entre nós é até bom para aprender um idioma.








sábado, 15 de maio de 2021

17 músicas com significados fortes

Há muitas músicas quais possuem um certo significado para cada um de nós. Uma música que te faz refletir, uma mensagem de incentivo que vem com a música, algo que possua um momento parecido com o que você viveu ou está vivendo ou lembrança de alguém especial, esses e outros fatores contribuem para que tenha um significado.

Há também aquelas músicas que te fazem refletir sobre o mundo a fora e algumas realidades presentes a quais não damos devida atenção. Algumas músicas baseadas em experiências dos próprios cantores que os inspiraram a escrever as músicas e mandarmos uma mensagem de reflexão, serão essas listadas. 


Small Bump - Ed Sheeran


Essa é uma das músicas menos conhecidas do cantor, mas que carrega uma história bem triste. Está presente no álbum "Plus (+)" lançado em 2011.

A música conta a história do ponto de vista de uma gestante de cinco meses que espera ansiosamente a chegada de seu bebê, qual recebe o carinhoso apelido de Small Bump, ou traduzido pequena saliência. Mas em determinado ponto, ela sofre um aborto espontâneo a deixando desolada.

Ed Sheeran se baseou na história de uma amiga próxima qual sofreu dessa desagradável surpresa e recebeu o apoio do cantor desde o início da gravidez, até a chegada da fatídica perda.


Daniel - Elton John


Eu acredito que todos vocês leitores conheçam essa música do pianista Elton John, que a primeira vista parece uma música calma comum, mas há uma história e um significado que fez parte da história do mundo. A música pertence ao álbum "Don't Shoot Me I'm Only The Piano Player" lançado em 1973.

Daniel conta a história do ponto de vista do irmão mais novo de um soldado, nomeado Daniel, que volta da guerra ferido e cego. Com o trauma da guerra, Daniel decide se mudar para Espanha e viver de forma isolada. O irmão mais novo, que conta a história da música, espera que ele reconsidere voltar para seu país de origem, onde foi condecorado com herói pela sua nação.

O compositor e amigo de John, Bernie Taupin, queria retratar os horrores causados pela Guerra do Vietnã, qual terminou dois anos após o lançamento do album com uma derrota marcante para os Estados Unidos.


Lay me down - Sam Smith


Quem acompanha Sam Smith, sabe que ele é um homem que possui uma fé inspiradora e muito forte, ele deixa muito explícito em suas músicas principalmente, em "Lay Me Down" não seria diferente. A música está presente no álbum "In The Lonely Hour" de 2014 e em "In The Lonely Hour (Drowning Shadows Edition)" de 2015.

A letra em si mostra que houve a perda de alguém importante na vida do eu lírico, o que dá a entender que está ocorrendo o luto. Mas o que faz essa música entrar nessa lista é o clipe, que mostra um enterro ocorrendo e a cada avanço se revela flashbacks de um casamento, dando a pista de que o enterro é do marido do eu lírico da canção.

Sam Smith queria retratar uma causa que vem tentando se conquistar a muito tempo pela comunidade LGBT+, que seria o casamento homoafetivo nas igrejas. E isso já me dá motivos grandes para colocá-la nessa lista.


O Children - Nick Cave & The Bad Seeds


Se você assistiu Harry Potter com certeza lembra daquela cena bonitinha do Harry e da Mione dançando em Relíquias da Morte, pois é, é aquela musica mesmo que eles dançam pra lembrar dos tempos em que eram felizes e a vida era mais fácil, simbolizando que os tempos de criança se afastavam cada vez mais. O significado dessa música é bem mais pesada que vocês imaginam, mas possui suas semelhanças com esse filme da saga. "O'Children" está presente no álbum "Abattoir Blues/The Lyre of Orpheus" de 2004.

A música vem como um "pedido de desculpas" dos nazistas ás crianças que sofreram essa época graças aos adultos. O suposto trem mencionado na música seria uma mentira para convencer as crianças a se animarem, pois o trem os levará para um mundo imaginário onde serão felizes, quando na verdade estarão levando-as para o campo de concentração. 


Sober - P!nk

A música é uma das menos conhecidas da cantora, mesmo com uma boa produção e uma letra impactante. Foi lançada no álbum "Funhouse" de 2008.

A música começa com a cantora expressando o tipo de pessoa que ela não queria mais ser, não se identificava mais com aquilo. No clipe podemos ver que há duas versões da cantora, uma que está sempre em festas e ficando chapada de várias formas, mas no final das festas se sentindo em completo vazio. Já sua outra versão seria ela como uma mulher mais séria e que não vê a adrenalina de estar em festas e se ludibriar com bebidas e drogas, observando a ruína de sua outra versão. A música é uma forma da cantora expressar que quer mudança e encontrar a si mesma.

Sinceramente, na minha opinião de fã, ela teve uma evolução maravilhosa, se compararmos a P!nk no começo de sua carreira com a P!nk de agora, parece que ela foi trocada. Se tornou uma mulher admirável.


Demons - Imagine Dragons


Essa é uma música até que bem repercutida, e também com uma metáfora forte e uma bela homenagem. A música está presente do álbum "Night Visions" de 2012.

A música nos traz consigo um clipe que condiz com o título e a própria letra. A banda está a se apresentar em um show, e no decorrer a câmera nós aponta para pessoas aleatórias no auditório e em seguida as colocando em situações conflitantes, situações essas seriam os demônios de cada um. A metáfora que se dá está presente em toda a música, mas a que mais chama a atenção é quando "olhe em meus olhos, são onde meus demônios se escondem" pois os olhos são a janela da alma, achei essa sacada genial.

Silence - Marshmello & Khalid


Acho que essa foi uma ótima colaboração, já que a música trouxe um remix mais harmonioso e leve juntamente com a voz profunda do Khalid, achei demais. A música está no álbum que carrega o mesmo nome da música lançado em 2017.

A música fala nada mais nada menos sobre se sentir deslocado, perdido e solitário mesmo estando rodeado de pessoas e aguentar tudo em silêncio. São utilizadas muitas expressões fortes como "prefiro ser amante do que lutador, já que venho lutando a vida toda", senti realmente um peso nas palavras.


Under Pressure - Queen & David Bowie


Bom, esse e um dos clássicos da banda Queen e do David Bowie, são escutadas até hoje por muitos fãs dos artistas. A música está nos álbuns "Hot Space" de 1982 da banda e em "Outside" de 1995 do Bowie.

A música faz uma crítica sobre a sociedade no geral, com diversas realidades e a esperança de uma melhora nessa sociedade sem amor ao próximo.

Mirror - Lil Wayne & Bruno Mars


Para ser sincera, essa música me veio como um baita de um tapa na cara, mesmo que a música soe como um desabafo do cantor Lil Wayne, me identifiquei em algumas partes. A música está no álbum "No Equal, Vol 2" de 2012.

A música vem com a reflexão de que em todas as nossas vitórias, derrotas, erros e  acertos será nós e nosso reflexo e debate (Arrepiada estou).


The village - Wrabel

Essa música é uma das mais significativas para a comunidade LGBT+ e se tornou um hino de uma de siglas. A música se faz presente no álbum "One Nite Only" de 2019.

A música vem como uma mensagem de aceitação para as pessoas transgênero, e com ela alguns pontos cruciais da triste realidade que é se assumir para seus familiares que não conseguem compreender quem você realmente é. E com isso vem a mensagem "não há nada de errado com você".

Ela também vem como uma metáfora, a vila seria a sociedade ou até mesmo o ambiente familiar de pessoas transgênero. Ou seja, não nada de errado com você, e sim com a vila.


Another Brick in the Wall - Pink Floyd


Essa música dispensa comentários, simplesmente um clássico do rock. Está no álbum "The Wall" de 1979.

Essa música vem com uma forte crítica aos institutos de ensino, que alienam os alunos para que se encaixem na sociedade como sistema quer que se encaixem.

Sempre que eu escuto essa música imagino uma revolução onde acabam com o sistema repetitivo de ensino.


I started a Joke - Bee Gees


O grupo de irmãos, nomeados Bee Gees, possui ótimas músicas. Agora essa meus amigos, tocou no fundo da minha alma. A música está no álbum "Idea" de 1968.

Essa música até parece ser uma balada romântica como o grupo está acostumado a cantar, mas dessa vez a balada retrata a solidão, isso fica mais perceptível na frase em que diz "eu comecei a chorar, enquanto o resto do mundo sorria", como se ele fosse algum tipo de piada que não via e se torturava na calada da noite em pensamentos. Mas a parte punk mesmo está quando é cantado: "eu finalmente morri, enquanto o resto do mundo vivia", pra mim soou como se ele morresse por dentro.


Parents - YUNGBLUD


Essa é bem famosinha entre nós jovens e pode até parecer um protesto, mas na verdade é uma realidade que quase nenhum adulto vê. A música pertence ao álbum "Weird" de 2020, bem recente.

Dominic, ou YUNGBLUD, pôs na música partes pesadas de sua vida, desde o uso de medicamentos quando mais novo por conta de uma doença até a comprar uma arma aos 16 (sim, isso é permitido pela lei americanos) e nisso ele faz uma crítica ao sistema, juntamente a obsessão de alguns pais a querer seus filhos sejam aquilo que eles querem que seja, sem dar poder de escolha aos filhos. E aí entra aquela frase "está tudo bem, iremos sobreviver. Pois os pais nem sempre tem razão", o que querendo ou não é algo que poucos pais aceitam, já que pensam que por serem pais terão acesso a escolha da vida de seus filhos, quando a realidade é outra.


Chandelier - Sia

 
Essa música é quase impossível não se ter, ao menos, ouvido falar, é um dos maiores hits do ano. Faz parte do álbum "Voices" de 2014.

Para a maioria das pessoas é só mais uma música com uma letra aleatória que fez sucesso, na verdade não. A música veio com uma história, parecida com a de "Sober" da cantora P!nk, de uma garota festeira que acredita estar vivendo a vida aí máximo, mas na verdade está indo em rumo sua própria ruína. 

Vem com grandes doses de álcool no sangue e uma ressaca física e moral no dia seguinte, mas tudo acaba por se repetir, mostrando que a protagonista não aprendeu nada com o dia anterior.


More Than Words - Extreme


Essa foi uma das primeiras músicas acústicas que eu ouvi na vida e me apaixonei, me apaixonei mais ainda depois que cresci e procurei pela tradução. A música está no álbum "Extreme II: Pronograffitti" de 1990 (e eu adorei a criatividade pro nome do álbum assim como a arte).

A música fala basicamente de uma pessoa que está cansada de promessas que nunca foram cumpridas e palavras ao vento ditas pela pessoa amada. Então a pessoa coloca um basta e fala que se suas ações não coincidirem com o que seu par você dizendo, então não teria como isso funcionar.

Tem gente que não vê tanto peso assim na música, mas pensem comigo. O amor próprio é algo essencial e anda muito escasso, e relacionamentos vazios com promessas vazias é o que mais encontramos, então colocar o amor próprio acima de um relacionamento hoje em dia é difícil, porque quando estamos apaixonados queremos sempre o bem da pessoa que está com a gente e esquecemos de nós.

Então a mensagem é basicamente: não aceite relacionamentos, seja romântico ou não, que não te valorizem.

Blood//Water - Grandson


Essa música teve uma repercussão bem grande, e com ela uma crítica maior ainda. A música se apresenta no álbum "A Modern Tragedie Vol.1" de 2018.

O próprio cantor possui músicas que fazem muitas críticas interessantes (confesso que foi difícil escolher só uma), mas essa, assim como "Under Pressure", faz uma crítica com a sociedade em geral. Ele acorda assuntos como a corrupção, o desmatamento e morte excessiva e desnecessária de animais.

Uma das frases que carregam o peso da música é: "o preço da sua ganância serão seu filho e sua filha", dizendo que as ações dos humanos hoje, afetarão seus descendentes.


This Is America - Childish Gambino


Agora pra fechar com chave de ouro. Essa é uma música que até mesmo ganhou prêmios por sua letra e clipe (são merecidos). A música está no álbum que carrega o mesmo nome da música, lançado em 2018.

Faz uma crítica pesada sobre o racismo nos Estados Unidos. Nos apresenta a realidade de uma pessoa negra completamente desigual e desproporcional se comparar a de uma pessoa branca. O racismo é uma infeliz realidade que ainda tem muito o que ser combatida.

Então é isso, se você conhecia algum desses significados ou dessas músicas deixa aí seu comentário e até mais.