quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Podcast Os Diferentões 05 - Independência




O que a palavra “Independência” te recorda? O rio do Ipiranga? Um homem montado a cavalo? “Independência ou morte”? (Só uma nota aqui, essa frase é um tanto quanto idiota se parar para pensar, porque se a coroa portuguesa ouvisse uma coisa dessas, iria ser um massacre na certa. Caso não desse a independência, haveria morte, Dom Pedro vacilou nessa frase).

De acordo com o titio Google: é o estado, condição, caráter do que ou de quem goza de autonomia, de liberdade com relação a alguém ou algo. Mas é apenas isso?

  

Contexto histórico


Como aprendemos nas aulas de história, o Brasil era dependente da coroa portuguesa, e não existia o voto popular já que, na época ainda não existia a República no país.


Dom João veio ao Brasil, por causa dos ataques de Napoleão, com sua esposa e filhos, cujo um deles seria responsável por essa grande conquista. Após se passar alguns anos, Dom João acabou tendo que voltar para Portugal, juntamente da esposa e do filho mais novo Miguel, pois o povo precisava de um líder (entre muitas aspas porque o cara foge quando o povo mais precisa). Com isso seu filho mais velho, Dom Pedro, fica como príncipe regente, ainda jovem.


Depois que se tornou adulto, Dom Pedro tomou a decisão de lutar pela independência do Brasil após a Revolução Liberal do Porto (1820). Tiveram uma complicação e a demora de um processo de dois anos. Até que no dia 7 de setembro de 1822 foi declarada a independência do país.


Curiosidade interessante:

  • Um período da história, D. Pedro fez uma viagem para São Paulo e Leopoldina, sua esposa, governou em seu lugar. (O que é interessante para a época, já que mulheres não possuíam poder ou voz).



O verdadeiro significado


Essa palavra pode ser interpretada de várias maneiras, sabemos que existe a independência física e emocional, mas podemos adicionar isso para o cotidiano.


Por exemplo, não fazer algo apenas porque mandaram e sim fazer por conta própria.


Independência por não precisar de alguém para fazer a própria felicidade, também é um bom exemplo, e entramos na independente emocional, por mais que nós sejamos seres sociáveis e emotivos, não significa que precisamos de alguém para sermos felizes.


Se quiser ver nosso debate sobre Independência acesse o nosso podcast: Os Diferentões.


terça-feira, 18 de agosto de 2020

Guia de Viagem #5 Buenos Aires - Argentina

Caminito, Facade, Buenos Aires, Argentina, Colorful

Saudade de viajar, né minha filha?

Resolvi trazer a partir deste post uma série sobre a minha ultima grande viagem de férias.

Fui pra Buenos Aires ficar 2 semanas e olha no que deu.

No total foram 3 meses de organização para toda a viagem, isso porque também visitei o Uruguai por alguns dias, mas falo dessa organização e outras visitas em outros posts. Nessa organização eu contei com minhas incríveis habilidades de pesquisa para fazer tudo por conta própria, se você gosta de ter as coisas exatamente do seu jeito, tem tempo e paciência de sobra, recomendo fortemente fazer isso também.

Vamos lá então!

Vou tentar separar em posts nos seguintes pontos (lembrete mental público - adicionar os links depois de postar)

  • Pontos turísticos
  • Restaurantes
  • Lugares alternativos
  • Parques
  • Onde fazer compras

Escolhi a Argentina como destino de viagem  como alternativa para uma programação falha de viagem para o Chile. É, deu muito problema pra encontrar passagem e hotel  então mudar de destino foi a melhor opção e não me arrependo.

A cidade em si é muito bonita com toda a arquitetura e ambientação, achei bem cuidada e organizada também. Bem parecida com são paulo e suas alternativas de transporte sendo, metrô, onibus, taxi, uber, bicicletas, ufa! Tanta coisa que é bem difícil se atrasar.

Bom, vou começar falando dos mais populares pontos turísticos da cidade, separando por bairro, trazendo algumas fotos e o que eu achei da cidade nesses quesitos.

  1. Recoleta
    1. Floralis generica
      Uma belíssima escultura, uma flor de metal de 20 metros de altura e pesando 18 toneladas, feita pelo arquiteto Eduardo Catalano. A flor conta com um sistema hidráulico responsável por abrir e fechar as pétalas ao nascer e pôr do sol respectivamente.
      Floraris Gererica


    2. Facultad de Derecho
      Dá até vontade de começar a estudar direito só pra tentar ir num lugar como esse. Com mais de 40.000m² a o prédio por si só, realmente dispensa decorações. Sendo vizinha da Floralis Generica, a faculdade conta com uma biblioteca, pinacoteca e museu. Sua grandiosidade já chama bastante atenção e foi praticamente impossível enquadrar tudo numa foto.
      Facultad de Derecho

    3. Hard Rock Cafe
      Eu tenho uma vontade de visitar todos os Hard Rock Cafe do mundo. Localizado bem próximo a facudade e a floralis, você pode ir lá, ver as peças em exibição, aproveitar e fazer uma refeição.
      Hard Rock Cafe

  2. Retiro
    1. Torre Monumental
      Conheci a torre enquanto andava a caminho da rodoviária para comprar as passagens para Montevidéo. Também conhecida como Torre de Los Ingleses, tem mais de 60 metros de altura e foi construída em 1916.
      Torre Monumental - Torre de los Ingleses

  3. Palermo
    1. Monumento a La Carta Magna y las Cuatro Regiones Argentinas
      Ao lado do Paseo El Rosedal e também conhecido como Monumento de los Espanõles, é formada por uma estátua da República e representantes do Trabalho, dos Andes, O Río de la Plata. A Pampa e o Chaco.
      Monumento a La Carta Magna y las Cuatro Regiones Argentinas

  4. Puerto Madero
    1. Buque museo fragata ARA Presidente Sarmiento
      É uma fragata de guerra que fez 37 viagens pelo mundo. Transformada em Monumento histórico nacional e museu em 1962, conta com documentos de viagens, armamentos (muitos canhões, minha nossa), uniformes e até o mascote da ultima missão empalhado.
      Buque museo fragata ARA Presidente Sarmiento

    2. Puente de La Mujer
      Foi onde passei meu réveillon. A ponte representa um casal dançando tango. Tem um sistema de giro considerado o maior do mundo, sendo responsável por mover a ponte permitindo a passagem de embarcações pelo canal do porto.
      Puente de La Mujer

  5. Monserrat
    1. Catedral Metropolitana de Buenos Aires
      Foi o lugar onde o Papa Francisco se oficializou como arcebispo de Buenos Aires. Conta com uma arquitetura incrível, além de várias salas incluindo o mausoléu do herói de guerra José de San Martín.

      Mausoléu de José de San Martín

    2. Casa Rosada
      De frente para a Plaza de Mayo, a Sede do Governo Nacional da Argentina.
      Casa Rosada

    3. Plaza de Mayo
      Quer tomar um sol, tirar algumas fotos bacanas nas fontes e se impressionar com o tamanho da bandeira da Argentina que fica no mastro central da praça? Esse é o lugar certo.
      Plaza de Mayo


  6. San Nicolás
    1. Galerias Pacifico
      É um dos principais centros comerciais de Buenos Aires tem vários andares com diversas lojas, uma cúpula incrível. Esse lugar me salvou diversas vezes, seja pra converter dinheiro de ultima hora, recarregar celular, comer, fugir da chuva, enfim, considero pacas. Num dos dias que visitei estava rolando as incrições para a Carrera San Silvestre, no mesmo dia que acontecia a San Silvestre Rock Edition, festival de rock ao fim da corrida.
      Galerias Pacifico

    2. Obelisco
      No meio da avenida 9 de Julio, você encontra o obelisco com sua grandesa de 67.5 metros de altura. Esse provavelmente é o maior ícone da cidade e não é pra menos. Se quiser dar um tempo nas fotografias, pode aproveitar e se sentar no gramado em volta do monumento, lembrando que você vai estar também no meio da avenida mais larga do mundo e próximo a um terminal de ônibus então vai estar barulhendo.
      Obelisco

  7. Avenida 9 de Julio
    A avenida mais larga do mundo com 18 faixas e 140 metros de comprimento, você tem a sorte de gastar um bom tempo atravessando o lugar e ainda ir adimirando os prédios em volta.

terça-feira, 28 de julho de 2020

Podcast Os Diferentões 04 - Músicas

Que música te move?




No episódio 4 do Podcast Os Diferentões falamos sobre vários tipos de músicas. Um belo exemplo de gente eclética, fica de olho pois tem muito artista sendo citado aqui hein. E se você percebeu as músicas de fundo, pode contar pra gente. Vamos de música!

Rock

Falando sobre rock e seus tipos vários tipos, dos leves nacionais até o Heavy Metal internacional.




sábado, 11 de julho de 2020

Filmes para assistir na quarentena

Em meio a esse caos que estamos vivendo no ano de 2020 não está sendo fácil para ninguém ter paz. A quarentena é algo realmente necessário e ficar dentro de casa com aquele irmãozinho (ou irmãzinha) ligado no 220, os pais que pegam muito no pé ou no filho(a) que não está nem aí pra nada, não é uma tarefa fácil e raramente você tem um tempo para relaxar ou fazer o que você gosta. Algumas das vezes você não possui nenhum tipo de estresse no seu dia e quer colocar um filme ou uma série em dia, mas fica horas e horas procurando e acaba caindo na "mesmisse" como por exemplo, aquele romance meloso e clichê que você já assistiu 1001 vezes sem enjoar da cara dos atores e com todas as falas em mente. Pois bem, hoje vou apresentar uma lista de filme que (provavelmente) você ainda não assistiu. 

Suspense
  • Fragmentado - 2017 (+14) O filme conta a história de um homem chamado Kevin que possui 23 personalidades e uma das personalidades, Dennis, rapta três garotas como um tipo de oferenda para a 24° personalidade que está para surgir. No decorrer do filme, nós podemos ver e relacionar as atitudes dos personagens com a própria vida real conhecendo pouco a pouco cada um deles e interpretando o que cada um representa.

  • Capítulo 27 - 2007 (+14) Conta a história real por trás do assassinato em 80 do ex-Beatle, John Lennon. O que se passava na cabeça de Chapman?

  • Cisne Negro - 2010 (+16) Nina, uma bailarina, queria fazer o papel de Odette em o Lago dos cisnes. Para isso ela se relaciona com o diretor da peça que faz seu histórico de esquizofrenia piorar. 

Clique para ver mais:

quinta-feira, 2 de julho de 2020

Podcast Os Diferentões 03 - Festa Junina


Festa junina, julina, augustina. Não importa muito qual o mês (inclusive estamos aceitando São João até no natal nesse ano de 2020 haha).

Depois de falar sobre as várias situações ocorridas com comidas, vim ilustrar com a ajuda dos nossos amigos desconhecidos do youtube, a dita "quadrilha maluca" com todo seu agito, molejo e sarradas que você pode conferir no vídeo:


E também a dança que acho mais bonita e difícil de acontecer, chamada de dança das fitas ou dança do pau de fitas ou como eu costumo exemplificar: "aquela dança que tem uma galera segurando as fitas e trançando um poste de madeira". Dá uma olhada:

quinta-feira, 11 de junho de 2020

Podcast Os Diferentões 02 - Festa de aniversário

Hoje vai ter uma festa. Bolo, guaraná e muita confusão? Provavelmente você, leitor, já presenciou algum momento trágico em uma festa de aniversário, seja com o bolo caindo no chão ou uma criança que não aguentou a quantidade que comeu e bem... pôs pra fora. 
São algumas das situações que iremos apresentar aqui hoje, histórias e ocasiões de aniversário trágicas e outras nem tanto.

Primeiro pedaço

Essa é uma das horas mais esperadas pelos convidados, já que é o momento de "quem vai comer primeiro" e também a hora do agradecimento e isso acaba dando uma certa pressão no aniversariante. Tendo que escolher entre os amigos mais próximos; a tia, que provavelmente fez o bolo ou um dos pais. Então na hora da dúvida pegue o primeiro pedaço para você, não poderão te julgar.

Briga no aniversário

Ainda falando em bolo, há algum tempo, em um dos aniversários de São Paulo o bolo foi destruído. Os civis brigaram entre si para pegarem um pedaço de bolo e o pessoal com o desespero pegava o pedaço com as mão e saíam correndo, o pessoal do meio tentando passar pra pegar também. Foi realmente um caos.



Tráfico de doces

Nas festas de aniversário isso é super comum, principalmente criança. Aquele leve furto de brigadeiro, beijinho ou qualquer outro doce em cima da mesa. A estratégia era: um ficava perto da mesa, outro fazia a ronda pelo alvo e o outro distraía a tia que cuidava do bolo (já que os doces ficam na mesa do bolo), normalmente até o aniversariante entra nesse plano. E depois de todo o processo pegavam um doce para cada, e repetiam a estratégia mais uma, duas vezes até sumir metade dos doces da mesa. Na hora dos parabéns... cadê os doces? Ninguém sabe.




Tipos de festa

  • Em casa - algumas vezes a festa em casa ocorre de duas maneiras, ou ela é surpresa ou é planejada, mas em sua maioria é surpresa. Possui seus prós e contras, já que pode ser ou muito estressante por conta de um atraso ou não obter o resultado que esperava de determinada entrega. Ou pode ser uma festa agradável e gratificante por ter quem você ama por perto na sua casa e terminar em uma festa do pijama, por exemplo.
  • Em pub ou bar - Eu (Nate) particularmente nunca frequentei esses lugares quando teve festa ou coisa assim, mas dizem ser bacana, tem alguns jogos, bebidas diferenciadas (dependendo do estabelecimento bebidas com e sem álcool) e também não precisa chamar muita gente para ser uma festa legal. O Anderson tem uma boa história sobre um aniversário dele em um pub. 

Rituais

Chegamos ao fim da festa e possuímos alguns rituais.
  1. Lembranças: a entrega das lembrancinhas, as crianças adoram. Vem sempre algum brinquedo específico e doce tipo pirulito, bala e aqueles guarda-chuvas de chocolate que não é chocolate.
  2. pega-pega: no fim da festa você vai procurar a sua criança e ela está brincando com o amiguinho, chama ela pra ir embora e ela não quer ir porquê quer dormir na casa dele, você não deixa, a criança começa a chorar e fazer birra até ficar cansada e dormir pra assim você conseguir ir pra casa. É, quem nunca?
  3. Pote: o último e não menos importante, o pote de comida no fim da festa. O convidado vai pro anfitrião e pede pra colocar um pedaço de bolo, uns salgados e uns doce, porque em festa sempre sobra comida. E quando não levam pote as pessoas improvisam e levam no pratinho ou no copinho descartável, mas não deixa d elevar!

Para finalizar vamos apresentar a melhor festa que cada um teve

15 da Nate

Os quinze anos é uma data importante na vida de uma moça, por conta de uma tradição de séculos e nada favorável para a garota, mas agora na atualidade isso mudou. A minha festa de debutante foi maravilhosa, eu e meu padrinho tivemos que fazer uma coreografia corrida,mas ficou muito boa, o vestido (inspirada na Bela e a Fera) ficou do jeito que eu queria e eu estava na presença de quem eu amava. E se você for uma jovem prestes a fazer 15 anos nesse período não se preocupe, sua data não precisa ter uma festa grande, comemore em casa mesmo, use uma roupa que você goste e comemore.

1/4 de século do Anderson

A festa desse ano do Anderson foi top, teve comida diversificada, música que é essencial e o bolo estava do jeito que ele queria... ou não.
Foi uma situação realmente confusa, para o aniversariante, engraçada pra mim e estressante para minha mãe, mas no fim ganhamos outro para recompensar o estado do outro, mas apesar da aparência derretida do primeiro bolo ele estava gostoso.

expectativa vs realidade do bolo de aniversário


É isso galera, não se esqueçam de acessar o nosso Podcast Os Diferentões no Spotify e no SoundClound e acompanhar o blog para mais novidades.

                                                                                                                                                      

quinta-feira, 21 de maio de 2020

Podcast Os Diferentões 01 - Medo na infância